fbpx

Comunidade do Vietnã, em Recife, ganha Escola e Creche em alto padrão de qualidade

O prefeito Geraldo Julio realizou a entrega, nesta quinta-feira (29), de duas unidades de ensino totalmente requalificadas. A reinauguração da Escola Municipal dos Torrões e da Creche Escola Esperança, nos Torrões, fazem parte do pacote de entregas na educação que o gestor vai fazer até o fim do ano. Com as ações, a Prefeitura do Recife chega a seis unidades de ensino entregues de um total de 14 obras que passam por requalificação. A ação prevê a adequação das unidades ao novo padrão de qualidade adotado como parte do Programa Escola do Futuro. No total, as obras irão beneficiar 4.629 estudantes matriculados nas unidades e mais 396 servidores e funcionários terceirizados, além de estagiários.
“A gente conseguiu requalificar completamente a Creche Esperança, implantar a horta, e está tudo bem preparado para os profissionais realizarem seu trabalho. Em entregas como essas, a gente vê o futuro dessas crianças sendo construídos. Já a Escola dos Torrões é pequena, mas os profissionais fazem o trabalho com muito carinho e fizemos uma reforma muito boa e que vai melhorar bastante o trabalho deles”, afirmou o prefeito Geraldo Julio.
Já o secretário municipal de Educação, Alexandre Rebêlo, citou a implantação do ar-condicionado nas salas de aula, no âmbito do Programa Novo Clima, para garantir mais conforto e qualidade no aprendizado. “Esse é um processo que a gente vem colocando na nossa rede. Além de construir novas escolas e creches, estamos requalificando essa rede, que é antiga. Recife tem 309 escolas e, muitas delas, têm mais de 20 anos de existência. Sendo assim, é importante passar por esse processo. É uma mudança boa para alunos e professores, porque as salas têm ar-condicionado e ficam mais confortáveis para os alunos, que ficam mais calmos e têm uma aprendizagem melhorada”, afirmou Rebêlo.
Os investimentos na Escola Municipal dos Torrões vão beneficiar cerca de 205 pessoas entre estudantes e profissionais. Já na Creche Escola Esperança foram 180 beneficiados. As requalificações incluíram serviços de substituição do revestimento cerâmico, requalificação do piso, requalificação dos banheiros e cozinha; requalificação de toda a parte elétrica; instalação de forro; pintura e toda a climatização da unidade dentro do Programa Novo Clima.
Para a gestora da Escola Municipal dos Torrões, Mônica Santos, a reforma melhorou tanto a qualidade de trabalho dos profissionais quanto à melhoria da aprendizagem das crianças. “O espaço mudou 100%. A gente trabalha num lugar que havia buracos no chão, não tinha forro e quando chovia molhava. Agora, a escola foi requalificada totalmente”, contou ela.
Já na Creche Esperança, a gestora Roseane Araújo se emocionou ao falar das mudanças. Segundo ela, a reforma foi “radical”. “Os pisos estavam muito desgastados, as paredes não estavam boas e isso oferecia perigo. Agora, tudo mudou: o piso, a parede, a parte hidráulica, elétrica. Os ar-condicionados instalados na sala de aula somados à reforma também estão dando mais qualidade de vida às crianças e elas terão o desenvolvimento muito mais garantido na unidade”, afirmou a gestora. Essa foi a primeira reforma na creche, desde a inauguração, há 27 anos.
As reformas nas unidades fazem parte de um esforço da gestão para garantir um ensino de qualidade para as crianças do Recife.
Algumas das escolas da rede forma construídas há muitas décadas e as edificações estão antigas e inadequadas às necessidades de um ambiente ideal para o processo ensino-aprendizagem. Diante disso, a Secretaria de Educação mantém um processo permanente de manutenção que envolve ações para reparo de coberturas e revisões de sistemas hidráulicos e elétricos, além de pintura.
A construção das novas unidades também ampliou o número de vagas nas creches. Nos últimos cinco anos, a gestão entregou à população da cidade 11 creches e mais cinco novas sedes de escolas, com investimentos da ordem de R$ 31,5 milhões.
HORTAS – Na Creche Escola Esperança, os alunos também ganharam um importante instrumento para reforçar a importância da preservação do meio ambiente. Trata-se da implantação de uma das 37 hortas instaladas nas escolas da rede. A iniciativa é promovida pela Prefeitura, por meio de uma parceria entre as secretarias de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (SDSMA) e de Educação.
Na reinauguração, o prefeito e o secretário da SDSMA Bruno Schwambach estiveram plantaram mudas de tomate cereja, manjericão e pimentão. “Dentro do Programa Educar Para uma Cidade Sustentável, temos o programa de implantação de hortas nas escolas para fazer com que os alunos tenham esse contato desde cedo com o manejo da técnica e das hortaliças, incentivando, não só o contato com a terra, mas também a alimentação saudável.  Além do conteúdo educativo para as crianças, você tem a própria produção e o contexto dessa educação para eles levarem para casa e para a comunidade.  Já são 37 escolas com hortas implantadas, e no ano que vem o objetivo é continuar implantando em mais escolas”, Bruno Schwambach.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *