fbpx

Acompanhamento é feito até que sintomas desapareçam

Uma equipe multiprofissional de saúde de Barueri tem se dedicado ao cuidado exclusivo de pacientes notificados com suspeita ou confirmação de Covid-19 em isolamento domiciliar. Não é porque a pessoa está se recuperando em casa que precisa enfrentar o problema sozinha.

 

A assistência é realizada por contato telefônico que ocorre a cada 48 horas por, no mínimo, 15 dias, ou até que os sintomas desapareçam completamente. O serviço tem sido prestado por profissionais da Coordenadoria de Atenção Básica à Saúde (Cabs) e também pela Coordenadoria de Atenção Especializada do município, cada qual com o público que lhe compete.

Pacientes das UBSs

No caso da Cabs, o monitoramento é feito junto aos pacientes das Unidades Básicas de Saúde (UBSs). “Todos os casos notificados e isolados são gerenciados pela Cabs, salvo casos em internação”, explica Regiane Bogusiak Vidic, da assessoria da Cabs.

 

Desde 15 de março, quando começaram a surgir os primeiros casos no município, até 15 de maio, o monitoramento da Cabs já havia prestado assistência a 1.028 pessoas em isolamento domiciliar.

 

A equipe é formada por enfermeiros e psicólogos, que intercalam as ligações, possibilitando ao paciente um cuidado físico e psíquico, conforme detalha Regiane. “Nos monitoramentos são avaliadas alterações clínicas e emocionais. Em caso de piora, são orientados a voltar na unidade para aferir sinais”, diz.

 

Especialidades

Aqueles que são pacientes do Ambulatório de Especialidades também recebem esse acompanhamento de equipe multiprofissional.

 

“Estamos monitorando em casa os pacientes com Covid-19. A cada 48 horas eles recebem ligação e orientação se devem retornar aqui com a gente para o médico reavaliar. O especialista vê se esse paciente está estável”, reitera a coordenadora Juliana Pinto Pacheco.

No boletim divulgado na última quarta-feira (dia 27), Barueri tinha 1.018 casos confirmados de coronavírus, 1.693 casos em investigação e em isolamento e 470 pacientes confirmados e curados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *