fbpx

Butantan suspende envase de vacinas por falta de insumo

O Instituto Butantan suspendeu, nesta 4ª feira (7.abr.2021), o envase de novas doses da Coronavac, vacina contra a covid-19 produzida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

A produção foi paralisada porque acabou o IFA (ingrediente farmacêutico ativo), principal insumo do imunizante. Ainda não há previsão de quando o produto chegará da China.

Apesar da interrupção, o instituto manteve o cronograma de entrega de doses ao Ministério da Saúde. Serão 46 milhões até 30 de abril. Até o momento, foram 38,2 milhões. Até o fim de agosto, diz que entregará 100 milhões.

Poder360 apurou que a China não envia o IFA para o Butantan há quase 1 mês. Segundo o instituto, a entrega do insumo depende do aval do governo chinês.

Em nota, o Butantan afirmou que não interrompeu a produção de vacinas. Disse que espera nova remessa do IFA da China para a próxima semana.

 

Leia a íntegra da nota do Butantan

“O Instituto Butantan esclarece que não interrompeu a produção da vacina contra o novo coronavírus.
Todas as doses provenientes do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) recebido da China já foram envasadas.
Neste momento, cerca de 2,5 milhões de vacinas encontram-se em processo de inspeção de controle de qualidade – parte integrante do processo produtivo – para serem entregues na semana que vem ao Programa Nacional de Imunizações.

Desde janeiro o Butantan já entregou 38,2 milhões de doses da vacina ao país.

Com uma nova remessa de IFA, prevista para a próxima semana, será possível integralizar todas as 46 milhões de doses referentes ao primeiro contrato com o Ministério da Saúde até o dia 30 de abril”.

 

Fonte: Poder 360

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *