fbpx

Dia do nutricionista celebra a importância dos hábitos alimentares para a saúde

Hábitos alimentares e saúde são duas condições intimamente ligadas. A tradição, a cultura e principalmente o conhecimento adquirido com o auxílio da ciência criaram condições para o surgimento do nutricionista. O dia 31 de agosto é dedicado a homenagear esse profissional.

É ele quem promove a manutenção e recuperação da saúde por meio da alimentação, atuando em diversas áreas como saúde pública, esportiva, unidades de alimentação e segurança alimentar, consultoria, cozinhas experimentais, educação nutricional, ensino e pesquisa.

Nos serviços públicos em Barueri, administrados pela Prefeitura, a presença do nutricionista é fundamental. Só na Coordenadoria de Atenção Básicas à Saúde (Cabs), por exemplo, são 11 profissionais dedicados, sem contar os nutricionistas nos Prontos-socorros, no Centro de Especialidades e no Hospital Municipal.

Saúde e boa alimentação
A nutricionista Daniele Menezes Teixeira, da Diretoria Técnica de Nutrição, da Cabs, ligada à Secretaria de Saúde de Barueri, explica que na Atenção Básica a prioridade é a prevenção de doenças e a promoção da saúde através de uma boa alimentação. “Os atendimentos acontecem individualmente e em grupos com o objetivo de encorajar a população a melhorar sua alimentação como forma de autocuidado”, destaca.

Segundo ela, o acompanhamento é destinado principalmente aos pacientes com doenças crônicas não transmissíveis (obesidade, diabetes, hipertensão e dislipidemias), além de gestantes, para a introdução alimentar dos bebês, crianças com seletividade alimentar e pacientes adultos e idosos que se alimentam via nutrição enteral (sonda).

Serviços como o do Centro Especializado em Reabilitação (CER), também ligado à Secretaria de Saúde, e de toda a estrutura para o fornecimento de merenda escolar, que está vinculada à Secretaria de Suprimentos, também contam com o trabalho de nutricionistas.

Sua atuação em Barueri, portanto, se estende às áreas ambulatorial, hospitalar, em unidade de alimentação e nutrição, além da merenda escolar.

“Comemorar odia do nutricionistaé muito importante para valorizar essa profissão. Sua importância se destaca ainda mais nesta nova era de excesso de informação, do ‘isso pode’ ou ‘isso não pode’, o que acaba afastando a população da boa relação com a comida. Ser nutricionista é assumir a missão de ajudar a população a fazer as pazes do corpo com a comida, que deve ser realizada com muita leveza e amor”, define Daniele.

Edição: Luciano Somenzari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *